Quer saber mais?

Preencha o formulário que retornaremos em breve

Nós entramos em contato

Preencha o formulário que retornaremos em breve

Procedimentos


Problemas de Ereção

Compartilhe

Se você sofre com ereção fraca, falta de ereção, dificuldade de ereção, ereção incompleta ou qualquer outro problema de ereção, saiba que você não está sozinho! Apesar de 45% dos brasileiros terem algum nível de disfunção erétil, a falta da ereção masculina continua sendo um tabu entre os homens.

 

Sintomas

 

Os principais sintomas de problemas com ereção costumam ser dificuldade para obter uma ereção, dificuldade em manter uma ereção e baixo desejo sexual.

 

Causas

 

Há diversas causas relacionadas aos problemas com ereção. Algumas delas são: fatores fisiológicos, fatores psicológicos, idade, além de causas físicas relacionadas aos hábitos do dia a dia, como alimentação, sono, prática de atividade física e consumo excessivo de álcool e cigarro.

 

Alguns exemplos de causas físicas dos distúrbios de ereção são: doenças cardíacas, vasos sanguíneos obstruídos, colesterol alto, pressão alta, diabetes, obesidade, síndrome metabólica, Mal de Parkinson, Esclerose múltipla, Doença de Peyronie, uso de certos medicamentos e abuso de álcool, tabaco e outras drogas.

 

Algumas das causas psicológicas que levam à disfunção erétil são: depressão, ansiedade, estresse, entre outros problemas de saúde mental.

 

Diante de tantos possíveis motivos para a sua falta de ereções, é essencial consultar um médico para descobrir a raiz do problema. Uma ereção fraca ou a falta de ereção afeta diretamente o bem-estar e a vida sexual do homem, por isso, é preciso superar qualquer tipo de tabu e buscar orientações médicas.

 

 

Como é feito o diagnóstico?

 

Para muitos homens, um exame físico e um questionário são suficientes para que o médico possa diagnosticar a disfunção erétil e indicar um tratamento.

 

Em outros casos, em que o paciente possui condições crônicas de saúde ou o seu médico suspeita que uma condição subjacente pode estar envolvida, pode ser necessário mais exames ou uma consulta com um especialista.

 

Os exames mais comuns para diagnóstico da disfunção erétil são:

- Exame físico; 
- Exames de sangue;
- Exames de urina;
- Ultrassom;
- Exame psicológico;

 

Alguns pacientes podem necessitar de exames mais específicos, como:

- Ultrassonografia com Doppler colorido;
- Arteriografia peniana (com injeção de contraste);
- Ressonância magnética (MRI);
- Monitoramento da ereção noturna.

 

 

Tratamento para impotência masculina

 

Há muitas opções de tratamento para problemas de ereção. Dependendo da causa e da gravidade da disfunção erétil e também se o paciente conta com condições de saúde subjacentes, o médico irá avaliar o caso e recomendar o tratamento mais indicado.

 

Algumas das opções de tratamento para um homem impotente são: medicações orais e injetáveis, terapia com Plasma Rico em Plaquetas (PRP), bombas penianas, cirurgias, implantes e terapia com ondas sonoras de baixa intensidade.

 

Não se esqueça: é possível tratar os problemas de ereção! Consulte um médico especialista.