Terapia com Plasma Rico em Plaquetas para disfunção erétil: entenda o tratamento
31 de maio de 2022

Terapia com Plasma Rico em Plaquetas para disfunção erétil: entenda o tratamento

Compartilhe

Conhecida como PRP, a terapia com Plasma Rico em Plaquetas é um método regenerativo, que envolve a injeção, no local desejado, de uma concentração de plaquetas do sangue do próprio paciente.

A prática é realizada em diferentes situações, como após fraturas ósseas, cirurgias, lesões dos ligamentos, procedimentos estéticos e também para tratar a disfunção erétil, atividade ainda nova no Brasil. Por ser algo novo e que gera muitas dúvidas, vamos te explicar mais sobre o PRP.

PRP para tratar disfunção erétil

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Journal of Sexual Medicine, a Terapia de Injeção de Plasma Rico em Plaquetas pode ser vantajosa para homens com disfunção erétil de leve a moderada, ou seja, quando o pênis não consegue ter ou manter uma ereção suficiente para a relação sexual.

Ainda segundo os pesquisadores, o procedimento é seguro, eficaz, de curto prazo e os resultados permanecem por cerca de seis meses. No geral, a técnica de injeções intracavernosas, feitas no tecido esponjoso do pênis para abrir os vasos sanguíneos, é considerada promissora para o campo da urologia.

Mas, apesar do PRP ser visto como um novo representante para a medicina regenerativa, ainda é necessário que mais pesquisas sobre o método sejam realizadas, para que as conclusões sejam feitas por meio de dados mais assertivos.

O que é o P-Shot?

Feito com base na terapia PRP, o P-Shot consiste na retirada do plasma rico em plaquetas do sangue do próprio paciente para injetá-lo em seu pênis. As células presentes nele resultarão no crescimento dos tecidos penianos, e, consequentemente, em uma melhora das ereções.

Além da disfunção erétil, o procedimento também pode ser usado como alternativa em casos de: Líquen Escleroso, problema crônico responsável por causar manchas brancas e finas na pele, geralmente na região genital; Doença de Peyronie, motivo de ereções curvas e dolorosas; aumento do pênis e função sexual geral, como desempenho e aprimoramento do orgasmo.

Por que o P-Shot melhora o desempenho sexual?

Conforme o Dr. Richard Gaines, médico conceituado de terapia e medicina regenerativa nos Estados Unidos, os benefícios no desempenho sexual através do tratamento PRP podem ser justificados pelos seguintes motivos:

- aumento do fluxo sanguíneo no pênis;
- respostas de reparo em alguns tecidos ou células;
- novas vias neurais sendo estabelecidas (a partir de novas experiências e reforço positivo);
- efeito placebo.

Atenção

O Conselho Federal de Medicina não permite a divulgação de “antes e depois" de nenhum procedimento, previsto por lei na alínea “g” do artigo 3º da Resolução CFM nº 1.974/11. Da mesma forma, também é proibida a divulgação de valores dos tratamentos em sites.

Ficou interessado?

Entre em contato com o Dr. Marcio Dantas, marque uma consulta e tire todas as suas dúvidas sobre o método de Plasma Rico em Plaquetas para disfunção erétil. O profissional conta com mais de 30 anos de experiência profissional em Sexualidade Humana.