Como o câncer de pênis afeta a função sexual e a qualidade de vida?
15 de outubro de 2021

Como o câncer de pênis afeta a função sexual e a qualidade de vida?

Compartilhe

Um diagnóstico de câncer de qualquer tipo pode ser muito angustiante para um indivíduo, e as repercussões de tal diagnóstico podem ter um impacto significativo em todos os aspectos da vida de uma pessoa. Além do mais, embora os tratamentos contra o câncer possam evitar que o câncer se espalhe e possivelmente eliminá-lo completamente, eles geralmente têm consequências negativas de curto e longo prazo para os pacientes. Os pacientes que estão cientes dos possíveis efeitos colaterais antes de serem submetidos ao tratamento podem estar mais bem equipados para gerenciá-los com o apoio de médicos de atenção primária, oncologistas, especialistas em saúde mental e outros profissionais de saúde.

 

O câncer de pênis e suas opções de tratamento têm implicações óbvias para a saúde sexual de uma pessoa. Pesquisas anteriores mostraram que essa condição também pode comprometer a saúde física, mental e social do paciente, mas menos se sabe sobre a extensão desses impactos.

 

Para obter uma melhor compreensão dos efeitos da cirurgia de câncer de pênis na qualidade de vida relacionada à saúde de uma pessoa, os autores de um estudo recente do Journal of Sexual Medicine enviaram um questionário de resultados relatados pelo paciente (PRO) para 107 pessoas que se submeteram à cirurgia de pênis câncer em dois hospitais universitários finlandeses entre 2009 e 2019.

 

Os pesquisadores elaboraram o questionário PRO para abordar a autoestima, função sexual, ereções, mudança na função sexual e qualidade de vida geral relacionada à saúde por meio de uma combinação de ferramentas de medição validadas e autoadministradas.

 

Eles usaram uma ferramenta validada chamada 15D para avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde dos pacientes. O 15D é baseado nas 15 dimensões de saúde da Organização Mundial da Saúde e contém itens relacionados à mobilidade, visão, audição, respiração, sono, alimentação, fala, excreção, atividades habituais, função mental, desconforto e sintomas, depressão, angústia, vitalidade, e atividade sexual.

 

Sessenta e oito dos 107 pacientes (64%) que foram convidados a participar responderam a um questionário preenchido. Ao comparar as pontuações 15D dos participantes do estudo com a média padronizada por idade da população finlandesa, os pesquisadores determinaram que a qualidade de vida média relacionada à saúde de pacientes com câncer de pênis era significativamente menor do que a da população em geral.

 

Em particular, eles descobriram que pontuações baixas na função sexual geral, função erétil e mudanças na função sexual estavam associadas a uma qualidade de vida relacionada à saúde geral mais baixa. A falta de atividade sexual foi identificada como o déficit principal que teve o efeito mais profundo no bem-estar dos pacientes com câncer de pênis.

 

Por outro lado, ter alto nível de escolaridade, estar empregado e residir em área urbana pareceu contribuir para maiores escores de 15D entre os participantes do estudo. Curiosamente, a gravidade do câncer de pênis e o tipo de abordagem cirúrgica usada não parecem ter muito efeito no bem-estar geral dos entrevistados.

 

Os resultados deste estudo ressaltam a importância de apoiar os pacientes com câncer de pênis com sua saúde mental, social e sexual, além de fornecer tratamento para o câncer. Felizmente, os especialistas em medicina sexual especializados em oncologia estão bem posicionados para ajudar esses pacientes e diminuir os efeitos colaterais sexuais negativos do câncer e seu tratamento.

 

Fonte: ISSM

 

 

Leituras recomendadas:

Identificar e Prevenir Problemas no Pênis

Campanha incentiva cuidado à saúde do homem

O Pênis Também Envelhece?

Aumento benigno da próstata e a vida sexual

- Quando o aumento peniano é indicado?

Cuidados com a Saúde Íntima no Verão

Cirurgia Íntima Masculina

O sexo reduz o risco de um homem ter câncer de próstata?

Homens, mulheres e problemas sexuais ao longo da vida