Câncer de Próstata: entenda sobre a doença que atinge homens
30 de novembro de 2022

Câncer de Próstata: entenda sobre a doença que atinge homens

Compartilhe

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a estimativa é que, até o final de 2022, sejam diagnosticados 65 mil novos casos no Brasil. Dado que, somente em 2021, 16.055 homens morreram em consequência da doença, cerca de 44 mortes por dia.

 

Apesar dos números serem altos, a doença ainda não possui a visibilidade necessária e, por muitas vezes, faltam informações sobre ela. O câncer de próstata é desenvolvido, principalmente, em homens acima de 50 anos de idade, sendo que o risco aumenta ao envelhecer. Por exemplo, aos 50, a doença pode atingir 1 a cada 4 homens, mas, aos 80 anos, a estatística aumenta para 1 em cada 2 homens.

 

Como o câncer de próstata é diagnosticado?

 

Falar sobre o diagnóstico é também o momento de apresentar a importância da ida anual ao urologista, profissional especialista em cuidar do trato urinário de homens e mulheres, além do sistema reprodutor masculino, e você vai entender o porquê.

O diagnóstico acontece por meio da dosagem de PSA (Antígeno Prostático Específico) no sangue e toque retal. Quando descoberta no início, as chances de cura sobem para 90%, porém, a doença costuma ser silenciosa e dificilmente a sua identificação precoce acontecerá sem a ida regular ao urologista.

A recomendação é que as consultas sejam realizadas a partir dos 45 anos por homens que contam com fatores de risco, como histórico familiar, sobrepeso e também pessoas pessoas de pele preta, já que a doença está ligada a fatores genéticos e pessoas negras desenvolvem o câncer de próstata 10% a mais do que outras.

Para o restante dos homens, a visita anual ao urologista deve começar aos 50 anos. Além disso, também é aconselhado que meninos sejam levados ao especialista logo no início da puberdade, para o acompanhamento das transformações do corpo e a criação de uma rotina de cuidados com a própria saúde.

 

Mas quais são os principais sintomas?

 

Mesmo que o Câncer de Próstata seja uma doença silenciosa, alguns homens podem apresentar sintomas, sendo eles: dificuldade e dor para urinar, aumento das idas ao banheiro à noite para urinar, incômodos na região pélvica, costa e parte superior da coxa, também podendo apresentar dor ao ejacular.

 

Como funciona o tratamento?

 

Até aqui, você entendeu que a prevenção é e sempre será a melhor escolha, mas, caso isso não aconteça e o resultado positivo para a doença seja dado, há disponíveis diferentes tratamentos para ela e a escolha dele dependerá de qual estágio o câncer de próstata encontra-se. Dentre os principais estão: cirurgia, radioterapia, hormonioterapia e quimioterapia.

Segundo recomendação do Dr. Marcio Menezes, cirurgião vascular com foco em técnicas médicas para aumento peniano e medicina sexual, na atualidade, a cirurgia feita por robô é a melhor tecnologia que existe quando o tratamento cirúrgico é necessário. Considerado uma grande evolução na medicina, o procedimento é pouco invasivo e totalmente confiável.

O robô apenas reproduz movimentos feitos por um cirurgião especializado, para conseguir maior precisão durante a operação. A tecnologia traz inúmeras vantagens, como menor sangramento durante a cirurgia, menor risco de complicações, menor tempo de internação, menos dor, entre outras.

 

Cirúrgia e a disfunção erétil

 

Como desvantagem, homens que passaram pela cirurgia de próstata podem ter uma possível redução do tamanho do pênis e também disfunção erétil. Essa possível consequência tem maior chance de acontecer em pacientes mais velhos e também nos casos mais graves da doença. Cada quadro é único e precisa ser olhado com atenção, já que o problema não necessariamente acontecerá com todos os homens.

 

Calma, não se preocupe! Os homens que apresentam disfunção erétil ou encurtamento do pênis após a cirurgia podem contar com técnicas que auxiliam na reversão desses problemas e na reconquista do bom desempenho sexual. Para isso, é necessário buscar por um profissional especializado e experiente, assim como o Dr. Marcio Menezes.

 

Como posso iniciar o tratamento?

 

Antes do tratamento ser iniciado, é necessário passar por uma primeira consulta, momento em que o Dr. Marcio dará orientações detalhadas e assertivas sobre o seu caso. Quer saber mais sobre o tratamento e as soluções existentes? Agende agora mesmo a sua consulta clicando aqui.