Como Medir Corretamente o Pênis
05 de agosto de 2019

Como Medir Corretamente o Pênis

Compartilhe

Antes de tudo, é preciso saber que existem diferentes modos de medição. Primeiramente, o pênis deve estar ereto ao máximo. Em medições clínicas, essa situação é difícil de atingir. Pode ser usadas drogas injetadas no pênis de modo a induzir a ereção, proporcionando resultados mais consistentes. Alguns médicos esticam o pênis flácido ao máximo possível - sem que haja desconforto - e toma a medida baseada na teoria que um pênis flácido completamente esticado é igual com o corpo em comprimento a um pênis ereto, com poucos milimetros de diferença.

 

Não é muito confiável acreditar em afirmações dos próprios pacientes sobre o tamanho do seu pênis, já que alguns exageram, são incapazes ou mesmo não dispostos a medirem o pênis corretamente. Isso sem falar que os conceitos de “grande”, “médio” ou “pequeno” varia de pessoa para pessoa, principalmente no caso em questão. Ou seja, o que é grande para um pode ser médio ou pequeno para outros.

 

O comprimento é medido com a pessoa em pé e com o pênis paralelo ao chão. A medida do comprimento é feita horizontalmente ao longo da região dorsal (de cima) do pênis desde a origem (base) até a ponta.

 

Como medir o pênis esticado

 

A circunferência peniana pode ser aferida com o uso de uma fita métrica, também esticando ou em ereção:

Como medir a circunferência do pênis

 

No vídeo a seguir, nosso Diretor Clínico, Dr. Márcio Dantas de Menezes, explica como realizar a medição: