Como o desejo sexual muda ao longo dos anos
03 de fevereiro de 2021

Como o desejo sexual muda ao longo dos anos

Compartilhe

O que é desejo sexual?

Parece uma pergunta simples, mas os cientistas ainda não conseguem concordar sobre o que exatamente constitui o impulso sexual ou como medi-lo em homens ou mulheres. Embora os hormônios desempenhem um papel, nem sempre está claro o quanto de diferença eles fazem. Mas outros fatores - psicológicos, sociais e físicos - também trabalham juntos para criar sua libido.

 

Homens em seus 20 anos

A testosterona, um hormônio que os homens precisam para a excitação sexual, costuma estar alta na casa dos 20 anos, assim como seu impulso sexual. Mas também é um momento em que você pode ficar ansioso com o sexo por causa da inexperiência. Isso pode ser parte da razão pela qual 8%, e possivelmente mais, dos homens na casa dos 20 anos relatam disfunção erétil (DE). A condição pode ocorrer devido a um problema de saúde mental ou médica ou mesmo ser um sinal de que você está sob risco de doença cardíaca. Converse com seu médico sobre seus sintomas.

 

Mulheres em seus 20 anos

É provável que você seja mais fértil da adolescência até o final dos 20 anos do que nos anos seguintes. Isso pode torná-la mais seletivo sobre se e quando você fará sexo, embora não esteja exatamente claro por quê. Na verdade, os cientistas acham que o desejo feminino pode aumentar no momento em que a fertilidade começa a diminuir no final dos 20 anos.

 

Homens entre 30 e 40 anos

Muitos homens continuam a ter um forte impulso sexual ao longo desses anos, embora a testosterona comece a diminuir lentamente por volta dos 35 anos. Normalmente diminui cerca de 1% ao ano, mas pode ser mais rápido para alguns homens. Isso pode ter algum efeito em seu impulso sexual. Além disso, para muitos homens, o estresse do trabalho, da família e de outros compromissos pode afetar o seu interesse por sexo.

 

Mulheres entre 30 e 40 anos

Esta época da vida pode ser quando seu impulso sexual é mais forte. Um estudo mostrou que mulheres entre 27 e 45 anos tinham fantasias sexuais mais frequentes e intensas do que mulheres mais jovens ou mais velhas. Elas também fizeram mais sexo e eram mais propensas a ter sexo mais cedo em um relacionamento.

 

Mulheres e a gravidez

Em qualquer idade, a gravidez e o parto têm um grande impacto na sua vida sexual, mas é diferente para cada pessoa. Seu corpo e hormônios mudam durante a gravidez. Isso pode significar um aumento na libido às vezes, especialmente durante o segundo trimestre, e uma falta de desejo em outras. Você também pode estar ansiosa sobre se é seguro fazer sexo durante a gravidez. (Geralmente é, mas pergunte ao seu médico se você não tiver certeza.) Amamentar, criar filhos e outros trabalhos também podem afetar o tempo, a energia e o interesse que você tem por sexo.

 

Homens a partir dos 50 anos

Se você está com boa saúde física e mental, não há razão para não continuar a aproveitar sua vida sexual conforme envelhece. A Disfunção Erétil (DE) se torna mais comum com a idade. Suas ereções podem acontecer com menos frequência e podem ser menos firmes. Mas não é a própria idade que causa o problema, tanto quanto os problemas de saúde que se tornam mais comuns com a idade, como doenças cardíacas, diabetes, colesterol alto e obesidade e os medicamentos que os tratam. Seu médico pode conversar com você sobre suas opções para o tratamento de DE.

 

Mulheres a partir dos 50 anos

Por volta dos 50 anos, um “ninho vazio” ou menos preocupação em engravidar pode tornar algumas mulheres mais interessadas em sexo. Mas à medida que você se aproxima da menopausa, os níveis de estrogênio caem, o que pode esfriar um pouco sua libido e causar secura vaginal. Ondas de calor, ansiedade, ganho de peso e problemas de sono também podem deixá-la menos disposta. Pergunte ao seu médico sobre medicamentos, hormônios, lubrificação e outros tratamentos.

 

Homens: não é apenas testosterona

Você precisa de um pouco de testosterona para ficar excitado, mas não está claro quanto. Isso pode variar de pessoa para pessoa. E embora seja verdade que seus níveis diminuem com a idade, os cientistas não sabem exatamente como isso afeta o desejo sexual. Alguns homens com “baixa” testosterona mostram desejo sexual normal, enquanto outros com níveis elevados têm problemas sexuais. Outros problemas médicos, aptidão física e saúde mental podem ser fatores mais importantes.

 

Seu médico pode ajudar

Converse com seu médico sobre quaisquer problema com seu desejo sexual, pois podem ser um sinal de uma condição médica. Se sua resposta física for o problema, seu médico pode prescrever hormônios que podem aumentar o desejo sexual geral (estrogênio para mulheres, testosterona para homens) ou drogas que aumentam a excitação sexual: sildenafil (Viagra) e tadalafil (Cialis) para homens e bremelanotida (Vyleesi) andflibanserin (Addyi) para mulheres.

 

Fale sobre isso

Pergunte ao seu parceiro(a) sobre as necessidades e desejos dele(a) e fale sobre os seus também. Não tenha medo de tentar coisas novas conforme seus corpos evoluem e seu estágio de vida muda. Isso pode ajudar a manter você e seu parceiro(a) envolvidos e interessados em sexo. Seja honesto sobre sua satisfação física e emocional. Pode até ser uma boa ideia reservar certos momentos para ter íntimidade.

 

Fonte: WebMD

 

 

Saiba mais:

Quais são os níveis normais de testosterona nos homens?

Como as mulheres podem ter ou manter uma vida sexual ativa na meia idade?

Homens, mulheres e problemas sexuais ao longo da vida

- Disfunção Erétil

Qual é a diferença entre ansiedade de desempenho sexual e disfunção erétil?

Pressão Alta e Problemas Sexuais

Telemedicina pode ajudar homens com Disfunção Erétil?

O Pênis Também Envelhece?

Existem maneiras naturais de aumentar a testosterona?

Local do desejo sexual masculino descoberto no cérebro

A maconha pode afetar a função sexual do homem?